Os principais erros na hora de comprar móveis planejados


abril 12 de 2018



Comprar móveis planejados requer um certo cuidado. Esse é o sonho de muita gente, e justamente por conta dessa empolgação que costuma surgir no momento, é preciso ter um certo cuidado. Alguns pontos precisam ser levados em consideração e pesados na balança. Por exemplo, levar em conta a qualidade e a durabilidade dos produtos pode compensar o valor cobrado.

Erros a serem evitados ao comprar móveis planejados

Para ajudá-lo nessa importante missão e evitar arrependimentos posteriores, listamos abaixo os erros mais comuns cometidos na hora de comprar os seus móveis planejados.

Não ler o contrato

Muita gente não tem a paciência necessária para ler o contrato, apesar de ser um documento importantíssimo na hora de fechar um acordo com a loja. Esse é um erro bastante comum e que você não deve cometer em nenhuma hipótese. Pense que é nesse papel que estão todos os seus deveres e direitos como contratante do serviço.

Se a loja pedir para assinar o contrato naquele momento — situação mais comum — peça uma cópia primeiro e leia com calma. Leve-a para casa e analise o documento com bastante calma e, se possível, peça a ajuda de alguém que entenda de contratos para sanar algumas dúvidas, especialmente daqueles termos mais complexos.

Errar nas medidas

Algumas pessoas podem se arriscar e tirar as próprias medidas do ambiente levando-as para o projetista. Porém, é sempre bom conferir antes de colocar a mão na massa. Normalmente, a própria loja disponibiliza alguém para fazer isso e essa é a melhor opção. Lembre-se que além da altura e da largura é preciso avaliar também a profundidade do armário.

Não acompanhar a instalação

Por mais que a empresa contratada seja de sua confiança, é preciso ficar por perto no momento da instalação. Lembre-se que as pessoas podem cometer falhas, algo bastante normal e é sempre bem-vindo alguém com um olhar externo para identificar algumas coisas que estão fora do lugar e que não estão de acordo com o que foi previamente determinado pelo projetista.

Não consultar órgãos de proteção ao consumidor

Além de analisar as redes sociais e sites nos quais possam ter reclamações sobre uma determinada loja de móveis planejados, você também pode consultar os órgãos de proteção ao consumidor. Nesse lugar não há como esconder as falhas da empresa e ações na justiça movidas por clientes insatisfeitos. Não há como apagar os comentários e as reclamações como acontece nas redes sociais.

Levar em conta apenas o preço

Esse é um ponto que citamos logo no início desse texto e merece destaque. Já ouviu a expressão “o barato que sai caro”? Pois bem, a ideia aqui é exatamente essa!

Levar em consideração apenas o preço a hora de comprar móveis planejados é um erro que a maioria das pessoas comete e que você fará diferente a partir de agora. Outros fatores como qualidade do produto, atendimento, condições de pagamento, opiniões dos clientes, etc, devem ser levados em consideração.

Comprar móveis planejados não é uma tarefa muito simples, mas com a orientação correta, é possível facilitar e muito essa etapa. O mais importante é pensar sempre de forma racional, ter paciência e colocar tudo na ponta do lápis.

Quais outros erros você já cometeu na hora de fazer a compra de algum item? Compartilhe com a gente e alerte outras pessoas!

Voltar

Pesquisar

Categorias